sábado, 8 de março de 2014

08/03/2014 - 4º Desafio da Serra do Rio do Rastro

Nesse final de semana decidi ir até o sul do estado participar dessa competição e acabar de vez com a minha curiosidade referente a subida da Serra do Rio do Rastro. Descer eu já sabia que era bom, fiz isso em novembro com o Cabelo e o Maneca na Expedição Serra & Mar. Essa competição era para ser noturna, mas devido a deficiência da iluminação o horário da prova foi antecipado. Na sexta-feira eu e minha esposa fomos até São Ludgero e dormimos na casa da minha tia. No sábado pela manhã seguimos em direção a Lauro Müller, pegamos o kit atleta e precisei definir a nossa logística referente ao transporte. A minha esposa não dirige, então levei o carro até o local da chegada em Bom Jardim da Serra.



A medida que a gente ia subindo a temperatura caia e a neblina ficava cada vez mais forte. Chegamos lá em cima e os quatis já esperavam por comida.






Fui dar uma conferida se meu adesivo ainda estava lá.


Depois do almoço preparei os apetrechos e eu precisava descer até o local da largada. Para ajudar a temperatura caiu ainda mais e começou a chover.



Desci sob uma chuva muito forte e trânsito intenso.



Mesmo sem desfrutar da linda paisagem, a descida dessa serra sempre é incrível. Quando cheguei na praça de Lauro Müller, local da largada, sentei em um banco para descansar um pouco e não demorou muito para a chuva chegar ai também. O pessoal se protegia onde dava.





Trinta minutos antes da largada a chuva parou e o pessoal já começou a se alinhar para a largada. Ao todo 720 atletas se inscreveram para esse evento, inclusive atletas de outros países.



Por ser o dia internacional da mulher, elas largaram cinco minutos antes. Em seguida largaram as MTBs e depois as speeds. Como sempre a largada é no estilo pega pra capar e nos primeiros quilômetros é bem disputado pois tem muitos sobe e desce.


Eu estava me sentindo bem e a medida que o trecho ficava mais íngreme eu conseguia alcançar mais atletas.



O tempo foi fechando e ficando frio, eu já sabia o que nos aguardava. Não demorou muito para eu pegar chuva novamente.


A minha pedalada estava rendendo cada vez mais e só era ultrapassado pelas speeds que largaram quinze minutos depois. Além da chuva e do frio começou a relampejar. O asfalto da rua virou rio e o vento ajudava e atrapalhava ao mesmo tempo, dependendo para que lado do zig e zag a gente estava pedalando.


O total da prova era de 24,6 km e os últimos 5 km levei uma hora para concluir devido a dificuldade do trecho.


Terminei a prova em 1:41:37 hs ficando em 15º lugar na minha categoria onde largaram 80 atletas.


Largamos com a temperatura de 24°C e chegamos no alto da serra com 14°C, não demorou muito para eu começar a sentir muito frio. Alguns atletas passaram mal com princípio de hipotermia. Foi uma prova muito desafiadora, em todos os sentidos, por isso independente do tempo de prova, quem conseguiu completar esse desafio pode se considerar um vencedor. Quem quiser dar uma espiada como está a Serra do Rio do Rastro é só clicar aqui e conferir a câmera ao vivo.

Confira minha pedalada no Garmin:



Confira minha pedalada no Strava:

4 comentários:

  1. Caraca! Que prova T O P.
    Parabéns, este sim é um desafio para os ciclistas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Flavio, é um super desafio. Abraço.

      Excluir
  2. Qdo deixar de ser menino e virar homem vou encarar uma prova dessa.. Esse ano pelo visto foi contemplada com um show a parte da natureza.
    Parabens pelo empenho e pelo resultado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tu podia tentar com a speed, parece que rende bem mais nas subidas. Obrigado, abraço.

      Excluir