Páginas

sábado, 14 de janeiro de 2017

14/01/2017 - Reconhecimento Márcio May Camboriú (sport)

Nesse sábado a galera do Pedal Full combinou de fazer o reconhecimento do trajeto da prova de MTB Márcio May Camboriú. Acordei ás 4:00 hs e saí de casa 5:10 hs rumo ao pórtico da Expoville onde a galera já estava se organizando para sair. Oito ciclistas ocuparam dois carros e partimos rumo à Camboriú - SC.




Já era dia quando chegamos no local onde será a largada da prova. Comemos alguma coisa, ajustamos as bikes e antes de sairmos teve gente que precisou dar uma aliviada em baixo da carreta.


Depois de tudo pronto, partimos para "reconhecer" o trajeto. Na verdade o Marcelo já colocou aquele ritmo forte e quebrou o pelotão logo no começo.





A estrada estava boa, seca e com aquelas costelinhas que treme tudo. A turma se dispersou um pouco, cada um fazia no seu ritmo, mas teve uma hora que erramos o caminho e todo mundo se encontrou de novo. Voltamos pela estrada um pouco frustrados, mas a paisagem compensava.





Entramos em uma trilha conhecida como Trilha do Gavião. A subida dá para encarar, mas a descida é bem técnica com muitas pedras e erosão.


O sol resolveu mostrar toda a sua força e duas garrafinhas de água foi pouco. Na trilha consegui encher as garrafas em um riacho que passava perto, mas logo elas se esvaziaram. Por sorte chegamos em um vilarejo onde tinha um barzinho aberto e conseguimos comprar água e mais algumas coisas.



Conseguimos nos agrupar novamente, já era quase 11:00 hs e o sol castigava. Continuamos nossa pedalada fazendo várias paradas.

Um ônibus por favor

Entramos em outra trilha onde as árvores nos deram um pouco de conforto. Foi onde peguei mais água. O Jonas estava um pouco no minha frente, mas logo vi ele voltando empurrando a bike procurando alguma coisa. Sua câmera tinha caído na estrada e ele estava procurando. Começamos a procurar por tudo, subimos um pouco a estrada, voltamos e nada de achar a danada. Ele tinha certeza que tinha ouvido ela cair por aí. O Jonas começou a ficar preocupado e começou a procurar nos lugares mais improváveis. Foi quando ele a achou, fora da estrada próximo do rio, embaixo de caités.


Foi muita sorte. Continuamos nossa pedalada e o pior estava reservado para o final: dois super morros que tive que superá-los empurrando. Logo depois de um trecho de asfalto pegamos a estrada de chão novamente para avistar o "arco do triunfo".



Chegamos no local de onde saímos ás 12:30 hs bem exaustos e com 75 km pedalados. Não é um trajeto fácil. No dia da prova se o tempo estiver muito seco a estrada tem muita areia fofa, mas se chover as trilhas vão ficar mais perigosas. Já os morros não tem o que fazer, o jeito é escalar e soltar os freios nas descidas. Quero agradecer meus parceiros nesse dia de treino e diversão: Flavio, Ernandes, Jonas, Marcelo, Rodrigo, Everton e Cristian. Abraços a todos.

Confira minha pedalada no Garmin:

Confira minha pedalada no Strava:

sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

06/01/2017 - Ribeirão do Cubatão

Aproveitando mais um dia de férias, resolvi conhecer a região do Ribeirão do Cubatão, um bairro de Joinville que fica entre o rio Cubatão e o canal do Cubatão. Saí de casa e o céu estava com "cara" de poucos amigos. Coloquei um ritmo forte, com intenção de escapar da chuva, mas a danada foi mais rápida e me pegou  quando eu estava chegando na marina.


Na verdade, errei o caminho e quando cheguei nessa marina percebi que a estrada era sem saída, voltei e comecei a explorar a região. Para a minha surpresa, encontrei uma ponte pênsil para carros. Eu nunca tinha visto e nem sabia que tinha uma aqui na cidade. Para matar a curiosidade, resolvi atravessá- la e cheguei em uma propriedade particular. Voltei e continuei com o meu passeio.


A chuva continuava a cair e ás vezes parava. Eu já estava molhado, por isso ficava com receio da tal "friagi" me pegar he he.



Antes de voltar para casa resolvi dar uma volta por Pirabeiraba, próximo de Rio Bonito. Percebi nuvens escuras se aproximando e já me preparei para o pior.


Quando cheguei na Estrada da Fazenda a chuva despencou de vez.



Mesmo assim continuei com o objetivo proposto anteriormente, fiz o retorno em Rio Bonito e retornei pela Estrada da Ilha. Diante da situação não queria saber de mais nada, a não ser chegar em casa e tomar um banho quente.

E assim foi mais um dia das minhas belas férias. Foi legal conhecer o Ribeirão do Cubatão. Abraços.

Confira minha pedalada no Garmin

Confira minha pedalada no Strava: