Páginas

domingo, 31 de maio de 2015

31/05/2015 - Rodovia do Arroz

Hoje foi dia de um passeio pela BR-101, BR-280 e SC-108 (rodovia do arroz). Combinamos de nos encontrar ás 8:00 hs na BR-101. O dia estava nublado e frio, nada que alguns quilômetros de pedal não aquecesse. Encontrei o Maneca e ficamos aguardando o Flavio e o Pelinha.


Alguns minutos depois eles chegam e paramos para uma foto do grupo.



Enquanto a gente tirava foto outro colega de pedal e corrida passa por nós, o Alexandre, mais adiante ele esperou um pouco e conseguimos alcançá-lo.


Então ele mudou seu roteiro e resolveu nos acompanhar nessa volta pelas arrozeiras da região.



Antes de entrar na BR-280 o Maneca tem que parar no posto para pegar água e o Pelinha se aproveita da situação e já corre pro banheiro. Seguimos em ritmo de passeio e apreciando a paisagem.



Entramos na rodovia do arroz e tivemos que fazer mais uma parada. Agora a culpa não foi de nenhum integrante, foi do trem que atravessava a rodovia.



Liberada a passagem o pedal seguia com giro leve e alguns ataques aos morros.




Paramos na ponte sobre o rio Piraí e cogitamos em passear de caiaque qualquer dia desses.


Nos despedimos do Alexandre e do Maneca que seguiram sentido Morro do Meio.


E logo depois me despedi do Flavio e Pelinha, eu já estava em casa.


Esse foi mais um pedal em boa companhia. Abraços.

Confira minha pedalada no Garmin:

Confira minha pedalada no Strava:

domingo, 24 de maio de 2015

24/05/2015 - 10º Encontro da Canoagem Kentucky - Nereu - Jaraguá

Ontem saí de bike ás 6:30 hs e aproveitei para fazer um pedal até o mirante da Serra Dona Francisca. São 55 km para manter a média da semana. A manhã de hoje estava reservada para encontrarmos os colegas de canoagem do Clube Kentucky de Jaraguá do Sul e prestigiar o 10º encontro da canoagem entre os bairros Nereu Ramos e Czerniewicz na sede do clube. Era 7:00 hs quando o Maneca apareceu na frente de casa e partimos para Jaraguá do Sul.


Chegando no posto Brüderthal em Guaramirim, vimos alguns ciclistas do Audax 600 km e paramos para ver se tinha algum conhecido. Claro que não foi surpresa encontrar o Fabio Torrecillas de Maringá - PR e o Sr. Jorge em plenos 68 anos de idade fazendo mais uma série, mas tivemos essa sorte.

Fabio, Maneca, Jorge e eu
Encontramos também o Sr. Antônio, mais um jovem de 64 anos.


Saímos dali desejando-os boa sorte e muita energia para enfrentar um dia inteiro sobre uma bicicleta. Confesso que deu vontade de estar no meio daquela turma. 


Mas hoje o dia é de remada então vamos para o nosso compromisso. Chegamos no clube com muita antecedência como sempre e já encontramos o Sidoca. A inscrição era apenas R$ 10,00 e um quilo de alimento, com direito a camiseta do evento. Me preparei, coloquei as roupas, capacete, colete e já peguei o meu remo na mão para não ter que ficar procurando nada depois né Sr. Manoel?



Então fomos informados que devido uns contratempos esse ano não teria o ônibus para nos levar até Nereu Ramos. Então alguns iriam de carro e outros de carona. Por sorte conseguimos vaga na caçamba de uma caminhonete. Sim, é errado e perigoso, mas andar de ônibus pela cidade só não é errado.



Chegamos na ponte de Nereu e os botes já estavam todos no chão, só faltando dar a última calibrada. Entramos na água que estava agradável.


Esse nanico tá forte pra caramba.




O rio estava mais cheio que o normal o que facilitou um pouco para o bote não encalhar.






Algumas corredeiras para dar um pouco de emoção.


A paisagem muda a cada curva do rio.










Chegando próximo do fim do passeio o Maneca veio na surdina para pegar o nosso bote. Não sei se ele queria uma carona ou queria virar a gente, mas se foi isso o feitiço virou contra o feiticeiro.

O certo é você ficar em cima do caiaque Maneca
Logo já avistamos a ponte próxima ao clube.


Lavamos um pouco nosso bote, já esvaziamos e colocamos dentro do carro. Para se secar é do lado do carro mesmo, colocamos roupas secas e fomos saborear o cachorro quente oferecido pelo clube.


Nos despedimos dos nossos colegas e eu me despedi do Maneca, voltei com o Sidoca pois assim a logística ficava melhor.


Espero estar de volta no grande encontro Corupá - Jaraguá do Sul. Abraços e até a próxima.

Confira minha remada no Garmin:

Confira minha remada no Strava: