Páginas

quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

26/02/2014 - Serra Dona Francisca

Hoje resolvi estrear no pedal dos Cães Sarnentos, o destino: mirante da serra Dona Francisca. Cheguei no ponto de encontro em Pirabeiraba e fiquei aguardando o pessoal chegar.

Alô cambada, vocês vem ou não?
Esperei uns 20 minutos para os primeiros começarem a chegar. Primeiro chegou o Maneca e o Fabiano, logo depois veio o Edson, Flávio e mais um estreante, o Jean.


O Maneca foi de speed e já impôs um ritmo forte. Na ponte antes da subida paramos para reagrupar.


Depois da foto zeramos os cronômetros e dai é cada um por si, brigando contra o tempo nos próximos 5.450 metros. Fiz o melhor que pude mas não consegui bater meu recorde, mesmo assim foi um bom tempo.

Tempo

Distância

Média


O Jean acompanhou bem mas resolveu começar de leve e nos esperou lá embaixo. Fizemos um lanche e descemos. Senti um comportamento estranho da bike que ficava instável nas curvas. Ao chegar na BR-101 verifiquei que o pneu traseiro estava esvaziando lentamente.


Logo apareceu um transeunte, bem alegre, fazendo perguntas e pedindo uns trocados. Ninguém tinha nada e dei uma água pra ele. Logo depois ele queria aparecer nas fotos também e rimos bastante.



Para nosssaaaa alegriaaaaa.
Nos despedimos desse senhor e dos outros cães sarnentos. Dei uma calibrada no pneu para aguentar até em casa. Assim foi minha estréia no Pedal dos Cães Sarnentos. Abraços.



domingo, 23 de fevereiro de 2014

23/02/2014 - Barra Velha - SC

Depois de muito tempo sem pedalar, resolvi aceitar o convite do Maneca e participar de um pedalzinho bate e volta até Barra Velha hoje pela manhã. Acordei ás 3:30 hs e ás 5:00 hs já estava no ponto de encontro e o Maneca já estava lá. Logo depois chegou o Fabiano e como não apareceu mais ninguém partimos para o nosso objetivo.





Seguimos pela BR-101 com um pouco de serração, os dois estavam de speed e eu de mountain bike. O clima estava bom e logo o dia começou a clarear.


Próximo ao Posto Sinuelo era possível ouvir alguma coisa raspando na bike do Fabiano. Paramos para tentar identificar o problema e logo percebemos uma bolha no pneu. O Fabiano esvaziou um pouco o pneu e continuou a pedalada.



No alto do viaduto de Barra Velha fizemos um lanche e mais abaixo a foto oficial.




No caminho de volta, vários ciclistas passavam por nós na direção contrária. Até que no trevo de São João do Itaperiú um deles vez muitos gestos. Era o Flávio, colega de trabalho do Fabiano, ele atravessou a pista e se juntou a nós.


O Maneca estava reclamando de fome e não pensou duas vezes ao avistar goiabeiras cheias de frutos.



Agora eu estava com uma certa dificuldade para manter o ritmo, muita fadiga.


Nos despedimos do Fabiano e o Maneca resolveu fazer uma paradinha na Auto Pista para fazer uma mistura de café com outros líquidos que ele carregava. Ele sempre tem uma receita nova.

Maneca: ciclista de canaleta.

Depois disso aceitamos o convite do Maneca para tomar um Gatorade geladinho no banquinho dos amigos e como sempre ele mostra as fotos das suas primeiras aventuras, inclusive a pedalada até Campo Alegre em uma Monark Barra Circular.



O Flávio ainda ia continuar pedalando para concluir o desafio do aplicativo Strava e o Maneca, inquieto como sempre, já queria sair de novo. Foi o que fizemos, saímos novamente em direção a BR-101.



Mas eu não aguentava mais, estava muito cansado e no trevo da Expoville me despedi deles e fui para casa. Pra mim foi um pedal muito bom, apesar da fadiga nas pernas nos quilômetros finais, mas foram 106 km muito bem aproveitados. Abraço e até a próxima.


domingo, 16 de fevereiro de 2014

16/02/2014 - Corrida Pedestrianismo

Hoje dei início nas corridas desse ano. Aproveitei o valor bem acessível da inscrição para reestrear nesse esporte que gosto muito. Na verdade comecei a correr para complementar os treinamentos do mountain bike mas gostei tanto que comecei a competir. O evento organizado pela Corville aconteceu no Kartódromo Internacional de Joinville no bairro Jardim Sofia.




Corri na categoria 10 km, onde era preciso dar uma volta completa na pista e depois seguir pelos fundos do kartódromo em direção a avenida Santos Dumont.




Antes de chegar na avenida era preciso subir um morrinho de estrada de chão e pedras soltas, depois mais uma subidinha no asfalto, dai vinha a descida entrando no bairro Jardim Sofia e depois mais um morrinho de estrada de chão, esse era mais sofrido e depois continuava até o kartódromo completando 5 km. Sendo assim tive que enfrentar esse percurso por duas vezes. Na última volta era preciso dar mais uma volta na pista para então passar pela chegada.


Consegui manter o mesmo ritmo do início ao fim, apesar do pouco treino para essa competição. E terminei a prova com 00:44:56 hs ficando na 24ª colocação no geral.




Peguei minha medalha de participação e o kit de frutas e resolvi esperar a premiação, já que a organização resolveu ampliar a premiação nas categorias até o quinto lugar.



A espera valeu a pena, quando anunciaram a minha categoria ouvi meu nome ser chamado na 4ª colocação. Uma surpresa que me incentiva ainda mais para não parar com os treinos.





Depois dei uma volta para conhecer as instalações do kartódromo.



Saí dali para tomar um banho e almoçar, levando junto minhas medalhas de participação e de 4º lugar na categoria. Abraços e até mais.


 GPS